Receba nossas novidades por EMAIL, é grátis !

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Assassin's Creed: Brotherhood


A prova de que stealth e multiplayer podem conviver



Assassin’s Creed: Brotherhood é um título que vem com a missão de responder algumas perguntas. Em primeiro lugar, qual era exatamente o significado daquela imensa sala cheia de Animii? A propósito, esse é o plural correto para Animus, conforme ressaltou o diretor criativo da Ubisoft, Patrice Desilets. Bem, mas sobre as Animii: trata-se de uma sala de treinamento onde os Templários aprendem a ser verdadeiros Assassinos.
Img_originalMas essa não é a única pergunta. Se Brotherhood não pode ser propriamente considerado como um “Assassin’s Creed III”, por que o título é, exatamente, um dos mais aguardados para este ano? Muito simples: porque agora você poderá assassinar com elegância e discrição alguns dos seus melhores amigos... Dentro dos modos multiplayer do jogo, é claro. Caso faltem amigos para assassinar (?!), sem problemas; o computador também sabe atuar como um belo alvo aqui.
Mas, afinal, será mesmo possível transformar um jogo tipicamente focado na trama como Assassin’s Creed em um multiplayer decente? Aparentemente, sim. Ok, não existe uma grande história por trás da ideia de se assassinar sujeitos aleatórios pelas ruas de Roma — ou, pelo menos, nada melhor que a sala cheia de Animii. Só que a Ubisoft parece particularmente empenhada em criar uma mecânica inteiramente nova e cheia de recursos inéditos na franquia, a fim de tornar os assassinatos em massa mais divertidos.
Sinta-se como um assassino
A fim de evitar que o modo multiplayer de AC: Brotherhood se torne apenas “mais um”, a Ubisoft tomou alguns cuidados. A ideia é manter o clima stealth a todo o custo, fazendo com que você realmente se sinta no papel de um assassino contratado. Em outras palavras: saia correndo em direção ao seu alvo e você será rapidamente encontrado pelo sujeito que tem você como alvo. Simples, elegante e realista.
Antes de entrar no jogo, você terá que optar uma das skins disponíveis: um doutor, um monge, uma cortesã, e por aí vai. Em seguida, escolha o conjunto de habilidades que levará para dentro do jogo — trata-se da base tática do modo, a qual você pode mudar cada vez que for morto (mais detalhes no próximo tópico).
Img_original
Assim que entrar no jogo, você será informado sobre quem é o seu alvo — vale lembrar que é perfeitamente normal que um único alvo esteja assinalado para dois assassinos... A caçada então começa.
Torne-se parte da multidão
Disfarçar-se enquanto tenta se manter longe da percepção do computador é algo um tanto mais fácil do que manter-se oculto de inimigos de carne e osso. Afinal, cá entre nós, os seus movimentos acabariam facilmente denunciando que o seu personagem não é um dos bots controlados pelo computador.




Nesse ponto, entretanto, a sacada da Ubisoft foi tão sutil quanto genial. Em uma cidade como Roma, é natural que existam dezenas de transeuntes pelas ruas a todo o momento. Para misturar-se entre eles, basta que você solte os controles: o seu personagem vai perambular naturalmente entre os demais, sem esboçar qualquer movimento suspeito — confundindo-se perfeitamente com um personagem controlado pelo computador.
Matando na surdina
Mas, quando a velocidade for necessária, basta apertar o bumper esquerdo do controle. Você poderá então correr, saltar e escalar enquanto segue o seu alvo pelo mapa. Ao se aproximar, você receberá o aviso para parar, a fim de não levantar suspeitas. Caso continue correndo, você alertará o seu alvo da sua presença — a sua posição passará a constar no radar dele —, e uma clássica caçada de Assassin’s Creed terá início.
Img_original
Sim, a correria clássica também pode funcionar. Entretanto, que tal ganhar algum estilo extra, matando silenciosamente e sem deixar evidências? Caso você opte por uma aproximação sutil, você poderá chegar bem próximo do alvo — o bumper esquerdo travará a câmera — e, quando estiver bem próximo, basta apertar o botão certo, e pronto.
Habilidades especiais
Conforme mencionado anteriormente, em Brotherhood você contará com diversas habilidades exclusivas para o seu personagem; habilidades que devem ser escolhidas antes de se entrar no jogo — embora a cada respawn seja possível configurar um conjunto diferente de habilidades.
Img_originalExistem três combinações diferentes de habilidades aqui. Em uma delas, um boost de velocidade acompanhado do lançamento rápido de facas. Um pacote mais balanceado inclui uma pistola — para assassinatos à média distância — e a capacidade de se disfarçar com outras skins por um período curto de tempo.
Algo mais furtivo traz uma bomba de fumaça que imobiliza todos em volta mais a surpreendente capacidade de transformar os NPCs à sua volta em clones do seu personagem — novamente, apenas por um período limitado.
Enfim, parece que você tem alguns bons motivos para jogar Brotherhood no próximo dia 16 de novembro... Mesmo que não seja propriamente um AC III. Isso porque os esforços da Ubisoft parecem perfeitamente capazes de finalmente fundir dois estilos de jogabilidade até então bastante discrepantes: o stealth e o multiplayer. Aguarde novidades.

0 comentários:

Postar um comentário

Comentários Sobre as matérias !

 

†Shinobi Wars† © 2008 . Design By: SkinCorner